Reuniões com credores da dívida da Venezuela começam nesta segunda; Maduro nega "default"

Internacional
Typography

Maduro anunciou o início das reuniões com credores da Venezuela

Por Opera Mundi

Com a presença de um total de 414 credores, uma reunião nesta segunda-feira (13) vai marcar o primeiro encontro para a renegociação e reestruturação da dívida externa da Venezuela, anunciou neste domingo (12) o presidente Nicolás Maduro, que negou que o país vá entrar em default.

No Palácio Branco, em Caracas, os credores (91% dos detentores de bônus da companhia estatal de petróleo, a PDVSA) se reunirão às 16h de Brasília com a comissão presidencial encabeçada pelo vice-presidente-executivo da Venezuela, Tareck El Aissami.

PUBLICIDADE

No entanto, as sanções impostas pelos EUA contra Caracas podem ser um impeditivo na renegociação da dívida, já que elas proíbem que investidores norte-americanos negociem com a Venezuela. Cerca de 70% dos bônus da dívida estão nas mãos de cidadãos dos EUA e do Canadá.

"Eles jogam para que a Venezuela se declare em default. Nunca! O default nunca chegará à Venezuela. Nossa estratégia é renegociar e refinanciar toda a dívida", afirmou o presidente.

“A Venezuela começa uma estratégia séria, clara, aberta para buscar novos caminhos negociados, novas fórmulas porque a Venezuela tem direitos econômicos internacionais e os vai fazer valer”, disse Maduro.

Nos últimos quatro anos, a Venezuela pagou mais de US$ 72 bilhões em dívida externa. As reservas do país, no momento, estão na casa dos US$ 9,7 bilhões.

Artigos Relacionados

Assembleia Constituinte chama novas eleições no Estado de Zulia após eleito se recusar a tomar posse Assembleia Constituinte chama novas eleições no Estado de Zulia após eleito se recusar a tomar posse
AMÉRICA DO SUL Opositor Juan Pablo Guanipa foi o único dos cinco governadores eleitos pela...
Barrada em reunião do Mercosul, Venezuela denuncia Barrada em reunião do Mercosul, Venezuela denuncia "golpe à institucionalidade"
AMÉRICA DO SUL Coordenador nacional da Venezuela no Mercosul foi barrado duas vezes de...
Suspensão da Venezuela do Mercosul “é ato de arbitrariedade”, diz Saul Ortega Suspensão da Venezuela do Mercosul “é ato de arbitrariedade”, diz Saul Ortega
VENEZUELA Deputado venezuelano, um dos representantes do país no Parlasur, afirma que medida...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×
CORREIO CAROS AMIGOS
powered by moosend