Comitê pela Paz entrega a cônsul manifesto em apoio à Venezuela

Internacional
Typography

 

Comitê convoca os brasileiros "à defesa da autodeterminação de nossos irmãos venezuelanos"

Da Redação

Representantes do Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela estiveram no consulado venezuelano nesta sexta-feira (4), em São Paulo, para entregar o manifesto em apoio à democracia e a luta pela paz no país.  Composto por movimentos sociais, personalidades, partidos políticos e entidades, o comitê foi formado no início desta semana e, por meio do manifesto, convoca os brasileiros "à defesa da autodeterminação de nossos irmãos venezuelanos".

O grupo foi recebido pelo Cônsul-Geral adjunto, Robert Torrealba, que agradeceu o apoio brasileiro e reafirmou a importância da solidariedade internacional. "O manifesto representa para nós, na Venezuela, a reafirmação de que o caminho da solidariedade internacional, da solidariedade entre nossos povos, é um mecanismo fundamental para garantir a unidade entre nossas nações e a garantia de paz e independência", declarou Torrealba, segundo publicado pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.

Leia mais:

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE

Brasileiros lançam Comitê pela Paz na Venezuela e assinam manifesto em defesa da Constituinte

Constituinte consolida projeto de Chávez, diz diplomata

Governo dos EUA ficaria feliz se Maduro adotasse Constituição da Arábia Saudita, diz Assange

O manifesto critica também a posição do governo Temer (PMDB) - que se opôs à realização da Constituinte. “O Brasil não pode passar pela infâmia de se aliar a governos que conspiram contra uma nação livre e se associam a facções dedicadas a tomar o poder de assalto, apelando para o caos e a coação. Convocamos todos os brasileiros e brasileiras à defesa da democracia e da autodeterminação de nossos irmãos venezuelanos, ao seu direito de viver em paz e a definir o próprio destino”, afirma o documento.

 

Artigos Relacionados

CIDH pede que governo argentino investigue paradeiro de ativista mapuche CIDH pede que governo argentino investigue paradeiro de ativista mapuche
ARGENTINA Santiago Maldonado, jovem de 28 anos, está desaparecido desde o início do mês e foi...
Chanceler alemã: Berlim não apoiará automaticamente EUA em caso de guerra com Pyongyang Chanceler alemã: Berlim não apoiará automaticamente EUA em caso de guerra com Pyongyang
GEOPOLÍTICA Berlim não ficará automaticamente do lado de Washington em caso de conflito...
Imperialismo em nova fase não se limita à pilhagem, mas busca destruição dos estados nacionais Imperialismo em nova fase não se limita à pilhagem, mas busca destruição dos estados nacionais
GEOPOLÍTICA O "novo mapa" do Pentágono deixa Brasil, Argentina e Uruguai de fora, mas inclui...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×

×
CORREIO CAROS AMIGOS
powered by moosend