Juristas lançam livro sobre golpe e retrocesso social nesta quinta (4) em SP

Cultura
Typography

"É uma análise sobre os novos anos de chumbo", afirma autor 

Por Lúcia Rodrigues
Caros Amigos

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE
Um livro escrito no calor dos acontecimentos como os próprios autores definem a coletânea Brasil em fúria: democracia, política, direito, que retrata em artigos o período brasileiro entre 2014 e 2016, será lançado nesta quinta (4) às 19h, em São Paulo.
 
Nele, renomados juristas como o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Marcelo Semer, o ex-procurador geral do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe, o juiz do Rio de Janeiro Rubens Casara, além dos advogados Giane Ambrósio e Patrick Mariano dissertam sobre temas como o papel do judiciário, punitivismo, esvaziamento da Constituição, golpe e crescimento do fascismo na sociedade brasileira.
 
"É uma análise sobre os novos anos de chumbo. O livro aponta para a necessidade da retomada da democracia", enfatiza Marcio Sotelo Felippe. Organizado em módulos: Fascismo, Direitos Humanos, Populismo Penal, Democracia e Justiça, o livro traz ainda o prefácio do professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) Alysson Leandro Mascaro.
 
Leia mais:
 
 
 
 
Os cinco autores representam a vertente progressista do mundo jurídico que resiste à hegemonia reacionária do judiciário. "São nomes fundamentais da luta jurídica atual. Juristas de altíssima formação, reúnem as mais variadas experiências profissionais – na advocacia, na magistratura e na procuradoria – a um compromisso sólido e profundo com o povo, a classe trabalhadora e os explorados. São cinco dos melhores personagens da nossa história presente. Suas palavras e este livro devem ser lidos como testemunhos de quem não se calou: vozes que ecoam o contracanto do hoje e, quiçá, sejam vozes do prenúncio do canto geral do futuro”, destaca Mascaro em seu prefácio.
 
Serviço:
Lançamento - Quinta, 4
Horário - das 19 às 22h
Onde - Livraria da Vila, alameda Lorena, 1731, Jardins, São Paulo
 
cartaz gmail 1
 
 

Artigos Relacionados

MG: ocupação artística reivindica fim da fratura entre trabalho intelectual e manual MG: ocupação artística reivindica fim da fratura entre trabalho intelectual e manual
RELAÇÕES "O que há em comum entre artistas plásticos e trabalhadores? É talvez, por não...
André Sturm é vaiado em abertura do Festival de Cinema Latino-Americano de SP André Sturm é vaiado em abertura do Festival de Cinema Latino-Americano de SP
GESTÃO DORIA Secretário municipal de Cultura foi convidado para discursar, mas ouviu um coro...
Após críticas e protestos, uma Flip mais diversa Após críticas e protestos, uma Flip mais diversa
LITERATURA Com centro na obra de Lima Barreto, 15ª edição da Festa Literária de Paraty...

Leia mais
×

×
CORREIO CAROS AMIGOS
powered by moosend