Gestão Doria fecha mais uma Unidade Básica de Saúde, agora na zona sul

Cotidiano
Typography

Unidade mantém avisos de interdição e indicação para outras UBS, mas nenhuma informação sobre prazo para ser reaberta

Por Rodrigo Gomes
Da Rede Brasil Atual

A gestão do prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), fechou a Unidade Básica de Saúde (UBS) Parque Imperial, na região da Saúde, zona sul da cidade. A população está sendo encaminhada para outras duas unidades na região, desde o final do ano passado. A gestão argumenta que o local precisou se fechado por risco estrutural no prédio, e que este será reformado. Em janeiro do ano passado, a UBS República, na região central da cidade, passou pela mesma situação e acabou fechada definitivamente onze meses depois de ser interditada para reformas.

No local, no entanto, ainda não há qualquer obra sendo realizada. Não há previsão de quando, nem mesmo se a unidade vai voltar a funcionar. Somente uma faixa indica aos usuários as unidades que vão prestar atendimento e outra, oficializa a interdição pela Defesa Civil.

Em agosto do ano passado, o secretário Municipal da Saúde, Wilson Pollara, afirmou que 50 unidades de saúde que a gestão considera "inadequadas" serão desativadas. Além disso, reduziu o horário de funcionamento de parte delas de 12 para 10 horas diárias.

PUBLICIDADE

Morador da região há cinco anos, o projetista Luis Fernando Paes da Silva reclama que os prontuários dos pacientes ficaram na unidade fechada. “Atrasa o atendimento porque todo o histórico precisa ser relatado novamente. Com certeza fomos prejudicados. A prefeitura não avisou previamente e não deu previsão para o final da interdição. A questão dos prontuários e da sobrecarga nas unidades é problemática”, avaliou.

Além disso, a população precisa se deslocar para outras unidades, por conta do fechamento da Parque Imperial. o que já está sobrecarregando o ambulatório de especialidades Alexandre Kalil Yasbek e a UBS Milton Santos, ambos no Planalto Paulista. A UBS Parque Imperial atendia cerca de 70mil pessoas na região.

A vereadora Sâmia Bonfim (Psol) cobrou esclarecimentos da Secretaria Municipal da Saúde pelo fechamento da unidade. "Essa denúncia chegou até nós através dos munícipes que estavam sem nenhuma orientação e encontraram os portões da UBS fechados quando procuravam atendimento. Mais uma vez a prefeitura fechou uma Unidade Básica de Saúde sem comunicar à população. Doria precisa entender que não se faz política pública sem dialogar com as pessoas que serão afetadas por suas ações". 

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde informou que a UBS está instalada em imóvel alugado, mas deve ser realocada em novo imóvel ainda a ser definido. "Enquanto durar a interdição, os usuários serão acolhidos e atendidos no Ambulatório de Especialidades (AE) Alexandre Kalil Yasbek, localizado na Avenida Ceci, 2235, no Planalto Paulista, e na UBS Milton Santos, também localizada na Avenida Ceci, 2249", diz.

"A decisão de interditar a Unidade Básica de Saúde (UBS) foi tomada no dia 18 de dezembro de 2017, durante reunião com representantes da Prefeitura Regional da Vila Mariana, da Supervisão Técnica de Saúde Vila Mariana/Jabaquara, da Defesa Civil, e das secretarias municipais de Saúde e de Obras. Importante destacar que a interdição foi necessária por conta de rachaduras encontradas no prédio", acrescenta a secretaria.

Artigos Relacionados

O que os paulistanos estão pensando sobre a gestão Dória? O que os paulistanos estão pensando sobre a gestão Dória?
SÃO PAULO A maioria dos entrevistados pontuou pontos negativos da gestão como o excesso de...
Doria reduz horário de atendimento em unidades de saúde da zona sul Doria reduz horário de atendimento em unidades de saúde da zona sul
DESMONTE Estabelecimentos passam a fechar às 17h, e não mais às 19h. Medida prejudica...
Para Apeoesp, desprezo de Alckmin pela educação terá resposta nas eleições de 2018 Para Apeoesp, desprezo de Alckmin pela educação terá resposta nas eleições de 2018
DESVALORIZAÇÃO Para a presidenta da Apeoesp, que assume novo mandato nesta sexta-feira (7), n...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade