Por matéria falsa, "Veja" é condenada a indenizar família de Luiz Gushiken

Cotidiano
Typography

Família do ex-ministro de Comunicações Luiz Gushiken receberá uma indenização no valor de R$ 100 mil

Por Rede Brasil Atual

A 3ª Turma do Turma do Superior Tribunal de Justiça manteve decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) obrigando a revista Veja a indenizarpor danos morais a família do ex-ministro das Comunicações Luiz Gushiken, morto em 2013. Segundo a Corte, antes de divulgar uma informação, a imprensa deve "verificar sua veracidade". Se não o fizer, deve indenizar quem se sentir ofendido pelas reportagens.

Segundo o processo, Veja publicou informações de que o banqueiro Daniel Dantas, estaria chantageando Gushiken e que as ameaças incluíam a divulgação de contas ilícitas no exterior em nome do ex-ministro do governo Lula. Luiz Gushiken não foi ouvido pela reportagem e, como se confirmou depois, tais contas nunca existiram.

PUBLICIDADE

"A liberdade de informação deve sempre ser confrontada com a utilidade e o interesse público do seu conteúdo", definiu o colegiado, que seguiu o voto da relatora, ministra Nancy Andrighi. Segundo ela, o profissional jornalista "tem o dever de investigar os fatos que deseja publicar" e, portanto, foi correta a decisão do tribunal de origem de manter a condenação por danos morais – definida em R$ 100 mil.

A relatora afirma ainda que a condenação não significa cerceamento à liberdade de expressão, mas sim uma consequência jurídica da divulgação de informações falsas. Em sua defesa, Veja afirma que a reportagem "não comete qualquer ilegalidade nem ofende ninguém, apenas relata fatos".

Com informações do Brasil 247 e Consultor Jurídico (Conjur)

Artigos Relacionados

No Brasil, trabalho informal é a nova regra No Brasil, trabalho informal é a nova regra
ECONOMIA Emprego sem carteira assinada superou o formal pela vez em 2017. No ano passado foi a...
'Febre ruralista' afeta 61% dos deputados federais 'Febre ruralista' afeta 61% dos deputados federais
'RURALÔMETRO' Ferramenta da ONG 'Repórter Brasil' contou com a participação de entidades de...
Juízes reproduzem Juízes reproduzem "senhor de engenho" na aplicação de penas, diz pesquisadora
JUSTIÇA Debate sobre seletividade penal é reacendido depois que um homem negro acabou preso...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade