Entidades repudiam intenção do governo de retornar ao modelo manicomial

Cotidiano
Typography

 

História contada no livro Holocausto brasileiro é retrato dos horrores dos manicômios no País

Da Rede Brasil Atual

Declarações recentes do coordenador nacional de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde, Quirino Cordeiro, defendendo o retorno do modelo manicomial e da expansão dos leitos em hospitais psiquiátricos, motivou a realização nessa segunda-feira à noite (11) de uma manifestação de repúdio do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) e outras entidades em defesa da luta antimanicomial.

Segundo o Conselho, a posição do Ministério da Saúde demonstra “desconhecimento, desinteresse e desprezo frente aos avanços nas formas de atenção à saúde mental em busca do cuidado integral das pessoas em sofrimento psíquico, calcado em vasta quantidade de estudos e pesquisas e de experiências exitosas”.

Leia mais:

"Queremos o preto e o favelado no centro do processo decisório"

PUBLICIDADE

Uma escola que produz analfabetos

Ruy Braga: Foi eliminada qualquer possibilidade do trabalhador sair da informalidade

Para o presidente do CRP-SP Aristeu Bertelli, o argumento do governo Temer sobre a fragilidade da rede de atendimento que substitui os manicômios revela negligência com a política pública em saúde mental e o sucateamento decorrido da falta de financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Na prática, disse ele, o retorno ao modelo antimanicomial apenas causará dor e sofrimento a quem precisa de tratamento, e lucro aos donos dos hospitais psiquiátricos.   

“É a ideia de retroagir e transformar em gado pessoas que estão sendo tratadas no território, transformar em dinheiro a partir do manicômio como forma de lucro”, afirmou Aristeu Bertelli. Na opinião do presidente do Conselho, a intenção manifestada pelo coordenador nacional de Saúde Mental se insere no contexto de desmonte das políticas públicas em marcha desde o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff. “Os resultados do golpe sempre serão um retrocesso. Precisamos pensar no desmonte que estão promovendo, no sucateamento das instituições. O golpe de ontem usava a força física, o golpe de hoje usa lei e caneta e, dentro da legalidade, promove injustiça.”

Defendendo o cuidado integral à saúde e o respeito a cada indivíduo como cidadão, Moacyr Bertolino, da Frente Estadual Antimanicomial de São Paulo, disse que a proposta do governo Temer não deve ser aceita pela sociedade. “Unidade terapêutica ou hospital psiquiátrico é tudo manicômio. Não adianta mudar o nome. E o objetivo é o mesmo, dar lucro para seus proprietários”, enfatizou Bertolino.  

De acordo com Rildo Marques, do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH), os manicômios são “exímios em tortura, dor e sofrimento”, além de exportarem essa dor para fora de seus muros. “Vamos empunhar sempre a bandeira contra os manicômios e para que as pessoas recebam do Estado brasileiro um tratamento digno”, afirmou Rildo Marques.

Ao final do encontro, o presidente do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) anunciou que o órgão e demais entidades que atuam na luta antimanicomial farão uma manifestação de repúdio, no próximo dia 18 de setembro, às intenções do Ministério da Saúde. O ato ocorrerá em frente ao escritório da presidência da República, localizado na Avenida Paulista. 

Artigos Relacionados

Para analista, eleições podem provocar virada no debate sobre drogas no país Para analista, eleições podem provocar virada no debate sobre drogas no país
USOS E COSTUMES Integrante do IBCCrim vê avanço no debate sobre a política de drogas por...
Funcionários da Eletrobras denunciam contradições na tentativa de privatização Funcionários da Eletrobras denunciam contradições na tentativa de privatização
DENÚNCIA A Associação dos Empregados de Furnas, de trabalhadores ligados à Eletrobras, lan...
Por matéria falsa, Por matéria falsa, "Veja" é condenada a indenizar família de Luiz Gushiken
DECISÃO Segundo STJ, antes de divulgar uma informação, a imprensa deve "verificar sua...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×
CORREIO CAROS AMIGOS
powered by moosend