Custo Temer: Brasil paga o preço do golpe e perde prestígio internacional

Artigos e Debates
Typography

 

Brasil paga o preço do golpe e perde prestígio internacional

Por Flávio Aguiar

A direita neoliberal brasileira costuma culpar a "era Vargas" e a "era Lula" por tudo que há de ruim no País. Mar de lama, "maior corrupção da história", "quebra da Previdência", "elevação irresponsável do salário mínimo", e muitas outras mentiras marteladas ao longo do tempo pela nossa mídia mainstream. Essa mesma mídia cuja água sempre corre debaixo das pontes do rentismo e da venda das riquezas da pátria a troco de banana, para o povo, e a custo de muita grana, para os ricos.

É verdade que há um "custo-Brasil". Vamos avaliar sua última edição: o custo-Temer. Graças a ele, o Brasil perdeu completamente o prestígio internacional acumulado… desde a era Lula? Não só: desde a diplomacia de Rio Branco, por exemplo. Temer virou um pária na cena internacional. E com ele, o Brasil. O Brasil este fora de negociações importantes, como a da nova Rota da Seda. O Brasil, na sua fase de diplomacia Rotweiller, morde-e-não-assopra, acumula derrotas na OEA, na ONU (a Venezuela foi eleita para presidir a Comissão pós-Colonialismo da ONU, contra os EUA e o Brasil), o prestígio profissional e tradicional do Itamaraty está reduzido a frangalhos.

Leia mais:

Temer enfrenta protestos em visita à Noruega

Para onde vamos: socialismo ou barbárie?

Você tem medo do fascismo? Se não tem, deveria

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE

 

Temer deu vexame na Rússia e na Noruega. Vexame político e pessoal: confundir o rei de Oslo com o rei de Estocolmo, como ele fez, é imperdoável. Parece aquela piada do norte-americano que dizia que a capital do Brasil ou da Bolívia é Buenos Aires, tanto faz. Sem falar na foto do G-20, com ele isolado no canto (só faltava estar virado para a parede).

Isto é muito grave. Um presidente tem que estar à altura do país que representa. Como se não bastasse a horda de ditadores de 64, agora temos um presidente, fruto de um golpe (que culpa Deus pelo acontecido, pobre Deus!) e que humilha o país internacionalmente.

Bom, o Congresso nacional também o fez, naquelas sessões humilhantes do impeachment. Bem, a Globo e a nossa mídia mainstream também o fazem constantemente, sem se dar conta de quão nuas estão.

Mas há outros custos. Temer viria a Alemanha, para a reunião do G-20. Desistiu, intempestivamente. E agora? E o custo das viagens diplomáticas para preparar a sua vinda? As passagens, as limusines reservadas? Os hotéis? Cancela-se tudo, e fica por isso mesmo?

Se não se pagar nada disto, uma vez que foi tudo cancelado, o governo Temer tem obrigação de esclarecer.

Ou cale-se para sempre e, por favor, vá pra casa.


 

Flávio Aguiar é professor, autor, jornalista e tradutor brasileiro

Artigos Relacionados

Privatizações de Temer seguem a mesma cartilha de FHC Privatizações de Temer seguem a mesma cartilha de FHC
OPINIÃO "É a mesma fórmula antiga, ultrapassada e entreguista, com leilão de empresas públicas...
Quem nos salvará dos impérios decadentes? Quem nos salvará dos impérios decadentes?
AMEAÇA Golpes de Estado. Sabotagem de novos polos de poder, como os BRICS. Estímulo às...
Villas Boas manobra para não fazer de Mourão “mártir” de intervencionistas Villas Boas manobra para não fazer de Mourão “mártir” de intervencionistas
OPINIÃO "Ele não fala pelo Alto Comando, quem fala pelo Alto Comando sou eu", disse o general...

Leia mais
×

×
CORREIO CAROS AMIGOS
powered by moosend