Crise suspende também andamento da PEC da Previdência

Política
Typography

 

 Relator divulga nota em que aponta "cenário crítico, de incertezas", a partir de denúncia envolvendo Temer

Da Rede Brasil Atual

Assim como aconteceu no Senado com a "reforma" da legislação trabalhista, a da Previdência também está suspensa na Câmara. Ontem (18), o relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, deputado Arthur Maia (PPS-BA), afirmou que a situação política ("cenário crítico, de incertezas") não permite avançar na discussão do projeto. Segundo ele, será preciso esclarecer os fatos – referindo-se às denúncias feitas nesta semana que envolveram o presidente Michel Temer – para só então criar condições para retomar a análise do texto.

O substitutivo à PEC 287 foi aprovado no último dia 9 na comissão especial que analisava o texto, por 23 votos a 14. Agora, deve ser votado no plenário da Câmara. Ainda não há uma data definida. O governo enfrenta dificuldade para obter os 308 votos necessários à aprovação da matéria.

Na sessão desta quinta, deputados da oposição pediram a saída de Temer. O presidente da comissão especial, Carlos Marun (PMDB-MS), defendeu o presidente e as reformas.

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE

Confira nota divulgada por Arthur Maia.

Nota à imprensa

"Ao longo da semana, tivemos a clara impressão de que as inúmeras notícias positivas divulgadas pela imprensa apontavam para um futuro melhor para o nosso País. Não tenho dúvidas de que a expectativa da Reforma da Previdência para a qual trabalhei com tanta determinação, sempre com norte de diminuir privilégios e garantir os benefícios aos mais necessitados, contribuiu para esse cenário de esperança.

De ontem para cá, a partir das denúncias que surgiram contra o presidente da República, passamos a viver um cenário crítico, de incertezas e forte ameaça da perda das conquistas alcançadas com tanto esforço.

Certamente, não há espaço para avançarmos com a Reforma da Previdência no Congresso Nacional nessas circunstâncias. É hora de arrumar a casa, esclarecer fatos obscuros, responder com verdade a todas as dúvidas do povo brasileiro, punindo quem quer que seja, mostrando que vivemos em um país em que a lei vale para todos. Só assim é que haveremos de retomar a Reforma da Previdência Social e tantas outras medidas que o Brasil tanto necessita."

Artigos Relacionados

Moro absolve Cláudia Cruz, mulher de Cunha, dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas Moro absolve Cláudia Cruz, mulher de Cunha, dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas
JUSTIÇA? De acordo com o juiz, não foi comprovado que Cláudia Cruz agiu de maneira dolosa no uso...
CNJ julga na próxima terça se Moro feriu a Constituição ao divulgar grampos de Lula CNJ julga na próxima terça se Moro feriu a Constituição ao divulgar grampos de Lula
LAVA JATO Um dia após a liberação dos áudios, Conselho havia recebido três representaçõ...
Em cinco meses, Temer perdeu quatro auxiliares por denúncias de corrupção Em cinco meses, Temer perdeu quatro auxiliares por denúncias de corrupção
CRISE Sandro Mabel e Tadeu Filippelli deixaram o Planalto na terça-feira (23) e se unem aos ex...

Leia mais

Correio Caros Amigos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×