Se a Venezuela pedir, Rússia está pronta para “enviar assistência”

Internacional
Typography

 

Maduro propôs uma Constituinte, a fim de aprofundar o diálogo com seus opositores e incluir a população no debate

Do Portal Vermelho

Diante da crise política na Venezuela, a Rússia anunciou que está disposta a contribuir para buscar “uma solução pacífica”, caso Caracas ache necessária uma colaboração externa. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zajárova, acredita que a instabilidade no país de Maduro coloca em risco a segurança de toda a América Latina. 

Desde que a oposição começou a convocar manifestações contra o governo de Nicolás Maduro, no começo do mês de abril, a situação saiu do controle e dezenas de focos de violência já resultaram em 39 mortos. Diante desta crise política, que rapidamente atingiu a economia, o presidente propôs uma Constituinte, a fim de aprofundar o diálogo com seus opositores e incluir a população no debate. 

Leia mais:

Fim de ciclo progressista na América Latina exige que esquerda reveja sua política, diz pensador cubano

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE

Venezuela: "É 'muito preocupante' oposição não querer participar", diz chefe de comissão da Constituinte

Djamila Ribeiro: O lugar da fala e outros lugares

Segundo a porta-voz russa, seu país está disposto a contribuir para buscar a paz. “A Rússia se manifestou e continua a fazê-lo sobre a resolução de conflitos internos na Venezuela através de meios pacíficos e civilizados. Estamos prontos para falar com todas as forças políticas da Venezuela dispostas a dialogar. Se fosse requerida a ajuda da Rússia no processo, proporcionaríamos assistência na medida solicitada", afirmou a porta-voz.

Para a chancelaria russa, a crise interna na Venezuela coloca em risco a segurança de toda a América Latina e, diante do agravamento dos focos de violência, convidou Washington e outros governos a trabalharem juntos para “reduzir a tenção no país latino-americano”. 

A chanceler venezuelana, Delcy Rodriguez, anunciou que Maduro teve uma “excelente conversa” com o presidente russo, Vladmir Putin, na manhã desta quinta-feira (18) e “consolidou uma relação estratégica”.

Artigos Relacionados

Declínio de imagem do Brasil no exterior ajuda Macri a projetar Argentina Declínio de imagem do Brasil no exterior ajuda Macri a projetar Argentina
DIPLOMACIA Nos últimos meses, Macri recebeu líderes internacionais importantes, como Angela Merkel...
Com a Rota da Seda, a China entra no vácuo aberto por Trump Com a Rota da Seda, a China entra no vácuo aberto por Trump
INFRAESTRUTURA Pequim conecta 66 países em três continentes com o canteiro de obras global. O...
"Cuba não tem que receber lições dos Estados Unidos nem de ninguém", diz Raúl Castro
GEOPOLÍTICA Em discurso na Assembleia Nacional, presidente classificou como "grande retrocesso...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×
×
CORREIO CAROS AMIGOS
 
powered by moosend