II Salão do Livro Político reúne debates, shows e feira de livros

Cultura
Typography

Evento em São Paulo vai até sexta-feira (3)

Por Redação

IIsalaodolivropolitico

PUBLICIDADE

Começa nesta quarta o II Salão do Livro Político. Com Ciro Gomes, Marilena Chauí, Vladimir Safatle e Fábio Konder Comparato, entre outros expoentes, evento avalia o momento político e promove apresentações culturais, além de incluir uma feira de livros com descontos de até 50%

Começa nesta quarta-feira (1º), em São Paulo, a segunda edição do Salão do Livro Político, que vai até sexta (3). Este ano, o Salão faz o foco na crise que o país atravessa, a mais aguda desde o golpe civil-militar de 1964: “Em tempos de neomacarthismo, quando há um clima de ódio fomentado pelo conluio de juízes, políticos golpistas, colunistas de jornais e o oligopólio midiático que promoveram um golpe de Estado, esse espaço de reflexão será muito bem-vindo”, diz Ivana Jinkings, idealizadora e coordenadora geral do evento, sugerindo o tom das discussões.

Nas mesas de debates estarão os filósofos Marilena Chauí e Vladimir Safatle, os políticos Adriano Diogo e Ciro Gomes, os juristas Fábio Konder Comparato e Alysson Leandro Mascaro, a líder estudantil Carina Vitral e a escritora Clarah Averbuck, além da ex-presa política Amelinha Teles, entre muitos outros nomes de destaque da cena política e cultural. Eles falarão do atual momento, discutindo também os ainda obscuros anos de chumbo e a crise que levou ao impeachment de Fernando Collor de Mello, em 1992.
 
O Salão vai abordar inclusive a agenda conservadora que, em meio à crise, ganha força no país, em mesas sobre as questões racial e de gênero. O leque temático completa-se com debates sobre as perspectivas das mídias independentes e o contraponto que representam à imprensa tradicional, a ascensão do teatro político, a emergência dos autores da periferia na literatura, o desempenho do mercado do livro político no Brasil e a “eterna” questão da Palestina. “A ideia de criar o Salão do Livro Político surgiu da urgência em ampliar o debate político, renovar interpretações da nossa realidade e apontar alternativas na contracorrente dos discursos conservadores, das narrativas tradicionais e da onda reacionária que assolam o país”, diz Ivana.
 
A programação ainda abarca projeção de curtas metragens, lançamentos com sessões de autógrafos e apresentações culturais. Na feira de livros, de que participam 25 editoras, os títulos serão vendidos com descontos de até 50%.
 
Organizado por um grupo de sete editores (Alameda, Anita Garibaldi, Boitempo, Caros Amigos, Cortez, Filoczar e Sundermann), o II Salão do Livro Político se realiza no Centro Cultural São Paulo, espaço administrado pela Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura, que apoia o evento.
 
Confira a programação completa AQUI

Artigos Relacionados

Ensaio Fotográfico: La Negra Ensaio Fotográfico: La Negra
ÁLBUM DE FAMÍLIA Na edição 235, Caros Amigos homenageia Mercedes Sosa e publica fotos inéditas...
A primeira vez não será esquecida A primeira vez não será esquecida
AMAZÔNIA Cineamazônia Itinerante chega pela primeira vez a Resex Rio Ouro Preto, em Rondônia...
Agenda cultural da periferia chega à sua centésima edição Agenda cultural da periferia chega à sua centésima edição
GUIA Neste mês, a agenda comemora 9 anos de existência; 50 mil artistas tiveram seus...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade