E agora, José?

Edição 216
Typography

E agora, José?

Por Frei Betto

A situação política brasileira está muito complicada. Em nome do “ajuste fiscal”, Dilma implantou severo arrocho sobre os mais pobres e preservou as benesses das elites. Nem um dedinho para cortar pensões de fi lhas de militares, taxar heranças e adotar o imposto progressivo, em que quem ganha mais paga mais.

PUBLICIDADE

São como as torneiras das mansões dos Jardins, bairros nobres da capital paulista. Eram abastecidas de água pelo sistema Cantareira, mas na hora em que este atingiu o volume morto, o governo de São Paulo fez com que os Jardins passassem a ser regados pela represa de Guarapiranga, na zona sul da capital. Enquanto isso, as torneiras dos pobres andam rachando de tão ressecadas...

Leia o artigo completo na edição 216 de Caros Amigos nas bancas ou loja virtual

Artigos Relacionados

Perfil: Marina Abramovic e a arte imaterial
  Marina Abramovic e a arte imaterial Por Laís Modelli A estudante Emma Sulkowicz tem...
Pátria Grande: O clube do vinil
O clube do vinil Por Alexandre Matias Das transformações que o meio digital provocou no...
Flores de alvenaria
Flores de alvenaria Por Sérgio Vaz Dá-me tua mão amora madrugada tem olhos que machucame as ruas...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade