Ensaio eleições

Artigos e Debates
Typography

 

21/12/2010

Ensaio eleições

Por Fernanda Pessoa

Domingo, 31 de outubro de 2010, segundo turno da eleição presidencial no Brasil. Em São Paulo, cidade com o maior colégio eleitoral do país, mais de oito milhões de paulistanos (segundo o TRE-SP) foram às urnas. Com o intuito de realizar uma pequena “cartografia facial” do eleitorado paulistano, percorri seis locais de votação em diferentes regiões da capital, tirando retratos e conversando com eleitores. De uma aldeia indígena guarani em Pirituba a uma universidade na Mooca, passando por um colégio judaico tradicional e pelo bairro da Liberdade, maior reduto da comunidade oriental de São Paulo, sai à procura de figuras do cotidiano paulistano. As informações básicas pedidas eram nome, profissão e em quem votaria. Muitos contaram mais sobre suas vidas, outros foram mais reservados. Quase todos revelaram sem hesitar e com certo orgulho em quem haviam votado, em seguida discorrendo espontaneamente sobre o porquê da escolha e tecendo opiniões sobre a situação atual do país. Meu objetivo inicial era apenas tirar retratos, fazendo uma espécie de inventário (limitado, é claro) de rostos paulistanos dentro do contexto das eleições de 2010, mas as histórias e o encontro com estes personagens reais da cidade de São Paulo ganharam força e acabaram por se revelar indissociáveis das fotografias. Uma parte do resultado desta jornada pode ser conferida a seguir.


Primeiro local de votação: Aldeia Guarani do Jaraguá - Tekoa Pyau. Estrada Turística do Jaraguá, Pirituba, Zona Norte. A aldeia Tekoa Pyau (“aldeia nova” em guarani), localizada próxima ao Pico do Jaraguá, foi instalada há mais de 10 anos em uma área de aproximadamente 1,5 hectare e comporta cerca de 74 famílias Guarani Mbyá. A aldeia tem diversos problemas, sendo o mais grave deles a falta de demarcação de suas terras, que deveria ser feita pela FUNAI (Fundação Nacional do Índio).

 

AloisioTupanMirim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALOÍSIO TUPAN-MIRIM:
Aldeia Guarani do Jaraguá - Tekoa Pyau. Estrada Turística do Jaraguá, Pirituba, Zona Norte. 8:25hs Aloísio Tupan Mirim, diretor educacional da aldeia, contou que os caciques de três aldeias guaranis vizinhas se reúnem e escolhem um candidato, no qual as três comunidades são orientadas a votar. De todas as pessoas retratadas, Aloísio foi o único que em nenhum momento olhou diretamente para a lente da câmera fotográfica.

Segundo local de votação: Club Athletico Paulistano. R. Estados Unidos, 2033, Jardim América, Zona Oeste. O clube Paulistano existe há 110 anos e, segundo o próprio site do clube, “em média, 19 mil pessoas, da classe AA na categoria socioeconômica, frequentam o Clube por mês. Trata-se de um público qualificado, consumidor em potencial de uma vasta gama de produtos e serviços. A ocupação que mais se destaca entre os associados do Club Athletico Paulistano é a de advogado, seguida pela de engenheiro e áreas empresarial, econômica e industrial”.

 

OliviaTereza

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OLIVIA TEREZA:
Club Athletico Paulistano. R. Estados Unidos, 2033, Jardim América, Zona Oeste. 9:32hs- Olivia Tereza saia apressada do clube e relutou um pouco em ser fotografada, não por má vontade, mas por achar que estava feia para ser fotografada. Disse que ia votar em um candidato para que o outro não ganhasse, não por gostar dele, e afirmou veementemente, já entrando em seu carro: “Só quem viveu na pele as coisas que ele(a) fez é que sabe.”

 

FilipeMachadoRodrigues

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FILIPE MACHADO RODRIGUES:
Club Athletico Paulistano. R. Estados Unidos, 2033, Jardim América, Zona Oeste. 9:47hs- Filipe Machado Rodrigues, formado em cinema e sócio da produtora Kana Filmes, votou em Marina Silva no primeiro turno e nulo no segundo. Para ele, não existem muitas diferenças entre as propostas de Serra e Dilma.

Terceiro local de votação: Colégio Iavne - R. Pe. João Manuel, 727, Cerqueira César, Zona Oeste. O colégio Iavne foi fundado em 1946 por um grupo de judeus sobreviventes do holocausto, em um local próximo à sede atual. O colégio possui uma sinagoga e proporciona uma educação religiosa nos moldes dos ensinamentos da Torá.

 

MauroMartins

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MAURO MARTINS:
Colégio Iavne - R. Pe. João Manuel, 727, Cerqueira César, Zona Oeste. 10:20hs- Mauro Martins, 83 anos, fez questão de sair de casa, acompanhado por sua cuidadora, para votar. O aposentado estava muito bem humorado e aproveitou a ocasião das eleições para paquerar uma senhora de 98 anos que passava em frente a ele no momento da foto. “Vamos deixar o broto passar antes!”, exclamou ao vê-la. O flerte acabou com o consentimento em um encontro para tomar um café.

 

SarahMagid

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SARAH MAGID:
Colégio Iavne - R. Pe. João Manuel, 727, Cerqueira César, Zona Oeste. 10:36hs-Sarah, “a menor eleitora do país”, segundo seu avô que a levou para votar. “Você votou em quem?” perguntou o avô, que não quis aparecer na foto. Confusa e mais interessada em brincar com o Iphone do avô, respondeu: “Não sei…”. “No homem ou na mulher?” Essa resposta Sarah sabia.

 

AlexandreeJoseAlvesMaciel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALEXANDRE E JOSÉ ALVES MACIEL:
Colégio Iavne - R. Pe. João Manuel, 727, Cerqueira César, Zona Oeste. 10:40hs-Alexandre Alves Maciel e seu pai, José Alves Maciel. Cada um votou em um candidato diferente. “É um traidor”, provocou o pai.

Quarto local de votação: Escola Estadual Presidente Roosevelt. R. São Joaquim, 320, Liberdade, região central. A Rua São Joaquim é umas das principais ruas do bairro da Liberdade, onde se encontra a maior comunidade japonesa da cidade. No bairro, há uma alta concentração de comércios e restaurantes japoneses e chineses.

 

KossoeLeoniceOda

PUBLICIDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

KOSSO E LEONICE ODA:
Escola Estadual Presidente Roosevelt. R. São Joaquim, 320, Liberdade, região central. 11:10hs- O casal Kosso Oda e Leonice Carvalho Oda. O marido já havia votado e esperava a esposa do lado de fora do colégio, lendo um jornal. Kosso e Leonice votam em colégios eleitorais e em candidatos diferentes. Segundo Kosso, Leonice sabe em quem ele vota, mas eles preferem não discutir o assunto: “A gente precisa ler e estar informado sobre o histórico de cada candidato, e não apenas saber e acreditar no que estão dizendo agora.”

 

LauritoLopesDesireMariaLopes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LAURITO LOPES, DESIRE MAIRA LOPES E SEUS FILHOS:
Escola Estadual Presidente Roosevelt. R. São Joaquim, 320, Liberdade, região central. 11:20hs- Laurito Lopes, Desire Maira Fontes e seus filhos Derick, de três anos, e Lucas, de sete. Os meninos seguravam vasinhos de flor recém-recebidos na saída do metrô, que estavam sendo distribuídos, segundo eles, pela Igreja. O casal, descrente em ambos os candidatos, votou nulo.

 

Quinto local de votação: Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Largo São Francisco, 95. Centro. O largo São Francisco abriga desde 1827 a Academia de Direito de São Paulo e em 1934 passa a abrigar também a Faculdade de Direito. O local é um símbolo importante do centro da capital e também o marco zero da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, que liga o centro à região da Paulista e ao centro-sul da cidade.

 

DinalvaMariadeJesus

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DINALVA MARIA DE JESUS SANTOS:
Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Largo São Francisco, 95. Centro. 11:57hs-  Dinalva Maria de Jesus Santos nasceu na Bahia, em uma cidade perto de Feira de Santana. Moradora de São Paulo há mais de vinte anos, Dinalva não visita sua cidade natal há muito tempo. Quando perguntada sobre o que fazia, Dinalva pareceu não entender muito bem e, hesitando, respondeu que era viúva. Contrariando os preconceitos aflorados nessas eleições, Dinalva não votou em Dilma.

 

NivaldoRodrigueseIolandaBarbieri

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NIVALDO RODRIGUES E IOLANDA BARBIERI:
Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Largo São Francisco, 95. Centro. 12:05hs- O casal Nivaldo Rodrigues e Iolanda Barbieri estava muito orgulhoso de sua escolha presidencial. Quando perguntados em quem haviam votado, Iolanda prontamente respondeu: “Dá pra ver pela nossa cara, né?”

 

OdilaNormaeEmilia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ODILA, NORMA E EMILIA:
Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Largo São Francisco, 95. Centro. 12:37hs- Odila, Norma e Emilia. Emilia foi apenas acompanhar as amigas e preferiu não votar. Odila e Norma nunca tinham discutido sobre as opções de voto e descobriram, quando perguntadas por mim, que haviam votado no mesmo candidato.

Sexto local de votação: Universidade São Judas Tadeu - Unidade Mooca. R. Taquiri, 546, Mooca, Zona Leste. A unidade da Mooca da Universidade São Judas Tadeu é 10º lugar com maior quantidade de eleitores da cidade de São Paulo. Segundo o site do TRE-SP, mais de 12.000 pessoas estavam inscritas para votar ali naquele domingo.

 

AnnaMaryliaPauloGoto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANNA MARYLIA MANTOVANI E PAULO GOTO:
Universidade São Judas Tadeu - Unidade Mooca. R. Taquiri, 546, Mooca, Zona Leste. 15:04hs –. Anna Marylia Mantovani e Paulo Goto deixavam a universidade sorridentes e revelaram entusiasmados em quem haviam votado. Anna trabalha para o ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso e afirmou: “Ele é muito simpático.”

 

FabianaDelabatistaDiogoMedeiros

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FABIANA DELABATISTA, DIOGO MEDEIROS E SEUS FILHOS:
Universidade São Judas Tadeu - Unidade Mooca. R. Taquiri, 546, Mooca, Zona Leste. 15:15hs – Fabiana Delabatista e Diogo Medeiro Silva compravam pipoca para os filhos Rhyana e Harisson em uma das várias barraquinhas de comida localizadas fora da universidade. O nome de Rhyana é uma homenagem à cantora americana homônima. Quando perguntados se queriam receber a foto por e-mail, Diogo disse que adoraria, mas que não possuem nem e-mail nem computador.

Artigos Relacionados

Condenação sem prova, degradação do Judiciário Condenação sem prova, degradação do Judiciário
OPINIÃO O Estado Democrático de Direito é ostensivamente negado e deixa de ser uma realidade...
Rede Globo prepara mais um exercício de manipulação para enganar incautos Rede Globo prepara mais um exercício de manipulação para enganar incautos
OPINIÃO "Campanha da Rede Globo quer manipular a informação com o objetivo de enganar os incautos...
De Darcy para Lula: chore hoje, lute amanhã De Darcy para Lula: chore hoje, lute amanhã
CARTA Cada vez que um político nacionalista revisa a institucionalidade, as classes dominantes...

Leia mais

Correio Caros Amigos

 
powered by moosend
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade